por Daniel Ruy Pereira

Lado A

Nessa terra verde em que eu vim parar
Sinto muita saudade
abcdo verde que eu nunca vi
abcdo índio que eu nunca cumprimentei
abcdo político honesto em quem eu nunca votei
abcdo rio no qual nunca nadei
abce do campo no qual eu nunca corri

O magpie é bonito
abccomo a arara-azul que eu nunca contemplei
Tenho orgulho de dizer que o rio Amazonas
abc– no qual nunca naveguei – é maior que o Liffey!
E em terra de rock insisto em mpb
O café é bom, mas sem dois pãozinho
abcé só bom

Tudo isso porque eu amo um Brasil
abcque eu nunca tive
abcmas que está dentro de mim,
abcno meu DNA

Lado B

Queria jogar bola com você
abc(mas você me fez jogar rugby)
Queria te ensinar a tomar guaraná
abc(mas você me serviu chá com cookies)
E quis tocar chorinho pra você ouvir
abc(mas você tocou música celta pra eu dançar)
Vim com flauta
abce você me deu bagpipes
Te trouxe meu amigo Drummond
abc(e agora ele é amigo do seu Heaney!)

Pra cada pão-de-queijo
abcum muffin
Pra cada jabuticaba
abcuma blueberry
E pra cada pinhão
abcum saquinho de pistaches

E agora eu tenho dois prazeres ao invés de um.

Anúncios