por Daniel Ruy Pereira

Àqueles alunos que compartilharam três anos de suas vidas comigo, me ensinando e comigo aprendendo.

Especialmente para Wendy, Lucas, Nátalie, Fernando, Lívia, Brenda, Felipe, Rodrigo, Juliana, Isabela, Camila, Gustavo, Tathiane, Everton, Heloísa, Ariela, Letícia, Karina.

Incha!
Deixa o material coagular.
Deixa que fique.
Observe a intensa atividade celular.

Inflama!
Aumenta o calor.
Combate os conceitos.
Arde-lhes em furor.

Coça!
Se irrite com o que fica.
Ouse tirar a antiga casca
E vê como, urgente, o tecido novo replica.

Rasga!
Deixa sair, deixa irromper.
Deixa o novo fluir ininterrupto
E não pare; não tente interromper.

Cicatriza, então!
Olha pra marca que ficou.
Olha pro processo dolorido, estranho.
Aprende: essa fase (curta) acabou.

Agora vive!
Curado, reestabelecido, novo.
Sabe, porém, que o corpo se defende
Quando termina. De novo e de novo.

Veja bem!
Eu, que fui teu médico, te recomendo:
Alimente-se bem e repouse.
Descanse. Trabalhe nem muito nem pouco.
Cuide de si. Não abuse.

E vive! Ah, vive!
Aproveita responsável consigo
Até o dia em que médico e paciente
Vejam, um no outro, um amigo

Anúncios