por Daniel Ruy Pereira


A bondade tem seu cumprimento de onda –
Maior em alguns, menor em outros.
A frequência da sabedoria é ultra-violeta,
E da humildade, infra-vermelha.

Quantas vibrações por segundo são necessárias para que eu veja o perdão?
Quantos hertz tem a piedade?
Será que um dia reverbero nessa frequência?

No vácuo da alma, as virtudes passam tão rápido que não dá pra ver.
E fica tudo parecendo uma coisa só.
Abstrato e intangível.

Até colocarmos diante do raio de luz
O prisma cristalino feito pelo Cristo encarnado,
E conferirmos que só Ele, o Cristo, divide o espectro.
Tudo está contido nEle.
Ele é a luz.
Ele não é abstrato.
Ele não é intangível.

Anúncios